Objetivo do Intercept era anular condenações da Lava Jato. Confira a Entrevista!

202
Objetivo do Intercept era anular condenações da Lava Jato
Objetivo do Intercept era anular condenações da Lava Jato

Não perca a entrevista exclusiva de Sergio Moro à Crusoé.

Ele conversou com Rodrigo Rangel sobre os ataques à Lava Jato, sobre os hackers, sobre os vazamentos da imprensa verdevaldiana, sobre a canetada de Dias Toffoli, sobre Flávio Bolsonaro, sobre o pacote anticrime, sobre 2022.

Perguntado se as mensagens haviam sido roubadas para reverter a condenação de Lula, ele respondeu:

“Uma coisa é o hackeamento e outra é a divulgação do material. Meu celular foi alvo e eu comuniquei imediatamente à Polícia Federal para apurar a invasão criminosa. Em relação à divulgação, não houve nenhuma requisição de minha parte. A polícia está investigando o hackeamento.

Na divulgação, pelo sensacionalismo utilizado, pelo desrespeito às boas regras do jornalismo e pelo teor das matérias, me pareceu que o objetivo era anular condenações da Lava Jato e impedir novas investigações. Se isso foi direcionado a um indivíduo específico ou a vários, é uma questão que não me cabe responder.”

Objetivo do Intercept era anular condenações da Lava Jato

EXCLUSIVO — A 1ª ENTREVISTA DE MORO APÓS A PRISÃO DOS HACKERS. Saiba mais